logo paraiba total
logo paraiba total
Foto: Codecom PMCG

Ícone da música paraibana: morre, aos 75 anos, o cantor e compositor Biliu de Campina

Artista estava internado no Hospital de Trauma de Campina Grande após sofrer uma queda que causou sangramento na cabeça

9 de julho de 2024

O cantor, compositor e advogado paraibano Severino Xavier de Souza, mais conhecido como Biliu de Campina, faleceu nessa segunda-feira, 8, aos 75 anos no Hospital de Trauma de Campina Grande. Ele estava internado desde 24 de junho devido a uma queda que causou sangramento na cabeça.

Com comorbidades como hipertensão e diabetes, Biliu enfrentou dificuldades respiratórias e ficou entubado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A morte foi confirmada pela produção do artista e posteriormente pelo hospital.

Biliu de Campina, formado em direito pela Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), trocou a advocacia pela música em 1978. Ele resgatou o forró de raiz e se autointitulava como o “maior carrego de Campina Grande”. Sua carreira musical incluiu três discos independentes e dois CDs independentes. Além disso, lançou o projeto “Diga Sim a Biliu de Campina” em 2002, um trocadilho com a campanha nacional de combate à pirataria.

O forró de Biliu tinha a essência dos forrós tradicionais, com influências dos discípulos de Jackson do Pandeiro. Ele frequentemente subia ao palco do Maior São João do Mundo, no Parque do Povo, em Campina Grande. Em 2022, Biliu foi reconhecido como um dos novos mestres das artes pelo estado da Paraíba.

O velório acontece no Teatro Municipal Severino Cabral, e a Prefeitura Municipal de Campina Grande decretou luto oficial de três dias em homenagem ao artista.

 

 

Fonte: Redação