logo paraiba total
logo paraiba total
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Petrobras está entre as três melhores Marcas Empregadoras do Brasil

Empresa é a única de origem brasileira no top 10 em pesquisa realizada por consultoria no setor de RH

1 de julho de 2024

A Petrobras está entre as três melhores no ranking de empresas que se destacam por práticas de atração de talentos e estratégias de Marca Empregadora. O resultado foi atestado pela Randstad, líder global em soluções de Recursos Humanos. Para esses profissionais, os principais fatores que colocaram a Petrobras no Top 3 foram possibilidade de progressão de carreira, empresa financeiramente saudável, estabilidade no emprego. Na pesquisa, outros atributos importantes ao escolher um empregador são salário e benefícios atrativos, ambiente de trabalho agradável, equidade e gestão sólida.

“Esse reconhecimento é para toda a Petrobras. É resultado de uma grande parceria das nossas áreas de RH, RS e Comunicação para tornar a Petrobras mais inclusiva e diversa. São decisões da direção da empresa, com a valorização profissional de nossos funcionários, salários dignos e oportunidades de crescimento na carreira. Por isso, é fundamental que todos brasileiros e brasileiras se vejam retratados na maior empresa do país e que os mais diversos profissionais possam fazer parte dela, com igualdade de acesso e oportunidades,”, afirmou a diretora de Assuntos Corporativos, Clarice Coppetti.

A divulgação dos resultados foi feita nesta terça-feira (18), no evento “Randstad Award 2024”, organizado pela empresa pesquisadora, e premiou as principais Marcas que se destacaram por atrair novos talentos, também chamadas de Love Brands. A pesquisa foi realizada com cerca de 173 mil pessoas e com 6.084 empresas, em 32 mercados ao redor do mundo, que abrangem mais de 75% da economia global. No Brasil, a pesquisa ouviu cerca de 4.500 pessoas sobre a percepção da atratividade dos 150 maiores empregadores do país.

É a primeira vez que Equidade aparece entre os cinco principais critérios para escolha de talentos. Os processos de entrada na Petrobras, via concurso público, são objetivos e livres de discriminação. “Em relação a diferenças salariais, no caso da Petrobras, temos uma política de cargos e salários clara e objetiva, que contribui para mitigar desigualdades”, destaca a Gerente Executiva de RH Lilian Soncin. Além da presidente Magda Chambriard e da diretora de Assuntos Corporativos, Clarice Coppetti, a companhia acaba de indicar mais duas mulheres para a diretoria executiva: a geóloga Sylvia dos Anjos para a diretoria de Exploração e Produção, e Renata Baruzzi, formada em Matemática, para a Diretoria de Engenharia, Tecnologia e Inovação.

Outros diferenciais da Petrobras em relação ao mercado são alto investimento em desenvolvimento, criação de oportunidades dentro da empresa, benefício para estagiários(as) e jovens aprendizes, licença estendida e carga reduzida para mães e pais, assistência diferenciada e trabalho remoto para pessoas com deficiência e a premiada Universidade Petrobras. A companhia valoriza a diversidade, a equidade e a inclusão e vem adotando uma série de medidas nesse sentido. Uma delas é o Plano de Melhoria da Acessibilidade, com cerca de 80 ações implementadas. Outra foi a aprovação da Política de Diversidade, Equidade e Inclusão em 2023, que estabelece, entre seus princípios, o compromisso de a Petrobras fortalecer a cultura inclusiva. Além disso, como parte do Plano Estratégico, foram definidas metas de alcançar 25% de pessoas negras e 25% de mulheres em cargos de liderança até 2030.

A Petrobras conta com mais de 40 mil empregados. O último concurso, realizado em 2023, foi um dos mais concorridos da história da empresa, com 161.460 inscrições, um aumento de 47% em relação ao anterior. Pela primeira vez, 20% das vagas foram destinadas a pessoas com deficiência (PcD), percentual bem acima dos 5% previstos em lei. O número de inscritos para essas oportunidades subiu 244%, mostrando o interesse de públicos diversos em trabalhar na companhia. Já o número de mulheres inscritas aumentou 49%. Também houve reserva de 20% das vagas para pessoas negras, em conformidade com a legislação. “A Petrobras é para todas e todos. Queremos atrair ainda mais mulheres, pessoas negras, PcDs e jovens para nossos processos seletivos”, finalizou a diretora.

Fonte: Petrobras