logo paraiba total
logo paraiba total
Foto: Francisco França/Secom-PB

Volume de vendas do 38° Salão de Artesanato da Paraíba já ultrapassa R$ 1 milhão, em CG

Valor inclui encomendas e faz com que média diária seja melhor que a do ano passado. Evento vai até o dia 30 de junho

25 de junho de 2024

As vendas da 38ª edição do Salão de Artesanato Paraibano, que tem como tema ‘A Arte de Quem Vive da Fé’, em homenagem aos artesãos santeiros, já ultrapassam R$ 1 milhão – valor que inclui as encomendas e faz com que a média diária tenha se mantido, até o momento, melhor que a do ano passado. O evento será realizado até o dia 30 deste mês, todos os dias da semana, das 15h às 22h, na Avenida Brasília, em Campina Grande.

Outro destaque são as doações do Projeto Salão Solidário, com cerca de 3 mil itens arrecadados. Neste ano, tudo o que for arrecadado será doado aos artesãos do Rio Grande do Sul, que ainda sofrem as consequências das chuvas. O acesso ao 38° Salão do Artesanato é gratuito, no entanto, a organização do evento pede que os visitantes levem um quilo de alimento não perecível.

“Todo mundo que for visitar o 38° Salão do Artesanato pode fazer essa doação tão importante para os artesãos e artesãs do Rio Grande do Sul. É apenas um quilo de alimento, que certamente não fará diferença para quem doar, mas muita para quem vai receber”, observou a primeira-dama do Estado e presidente de Honra do Programa do Artesanato Paraibano (PAP), Ana Maria Lins, comemorando os números, ainda parciais, do evento.

Comemoração compartilhada pelo secretário de Estado do Turismo e Desenvolvimento Econômico (Setde), Miguel Ângelo. “São números muito promissores. A média em vendas diárias, por exemplo, é superior a R$ 85 mil, resultado de mais de 19 mil itens já vendidos. E isso tudo é fruto da boa localização, um evento realizado na entrada de Campina Grande, durante as festividades do Maior São João do Mundo”, comentou.

A gestora do PAP, Marielza Rodriguez, que recebeu o título de Cidadania Campinense pelos serviços prestados à Rainha da Borborema por meio do Programa do Artesanato, destaca que o evento tem gerado renda para milhares de famílias. “Já foram comercializados mais de R$ 1 milhão, entre vendas e encomendas. Isso dá uma média diária melhor que a do ano passado, incrementando a renda do nosso artesão, da nossa artesã, neste importante momento do ano, que são as festividades juninas”, acrescentou.

Ao todo, até a terça-feira (18), foram comercializados R$ 1.099.413,85, com 24.877 peças vendidas de diversas tipologias que encantam o visitante do 38° Salão do Artesanato Paraibano: brinquedos populares, madeira, cerâmica, metal, renda renascença, entre outras.

Fonte: Secom PB