logo paraiba total
logo paraiba total
Foto: Codecom PMCG

Casa do Empreendedor e BNB registram aumento na procura por crédito durante São João de CG

Comparando maio de 2023 com maio de 2024, tivemos um salto de mais de 1 milhão em crédito, saindo de 5,7 milhões para 6,7 milhões de reais. A expectativa é que junho ultrapasse cerca de 7 milhões.

25 de junho de 2024

A cidade de Campina Grande, conhecida por realizar o Maior São João do Mundo, está experimentando um aumento significativo na procura por linhas de crédito durante o mês de junho. Esse crescimento na demanda, no entanto, já vinha sendo observado desde maio, impulsionado pelo trabalho conjunto entre a Casa do Empreendedor e o Banco do Nordeste, por meio do programa Crediamigo.

A Casa do Empreendedor de Campina Grande, em parceria com o Banco do Nordeste, tem desempenhado um papel crucial na assistência aos empreendedores locais. Agnes Morgana Galdino, gerente da Casa do Empreendedor, destaca a importância dessa colaboração: “Nós temos uma parceria com o Banco do Nordeste e todas as quintas-feiras eles estão presentes na Casa do Empreendedor, tirando dúvidas e oferecendo linhas de crédito tanto para empreendedores formalizados quanto para aqueles que ainda não formalizaram seus negócios. Essas linhas de crédito ajudam na aquisição de maquinários, reformas e investimentos em geral nos empreendimentos”, afirmou.

Adriano Silva, gerente estadual do programa Crediamigo do Banco do Nordeste, também comentou sobre o impacto positivo do período para os microempreendedores que buscam crédito.

“Já visualizamos uma expressiva evolução nos nossos números. Comparando maio de 2023 com maio de 2024, tivemos um salto de 5,7 milhões para 6,7 milhões de reais. Se analisarmos a evolução das contratações em maio de 2024 em relação aos meses anteriores, vemos um crescimento significativo. Nos quatro primeiros meses de 2024, a média de valores contratados foi de 5,3 milhões por mês, enquanto em maio tivemos um aumento de cerca de 17%. Acreditamos que em junho ultrapassaremos a marca de 7 milhões de reais, fortalecendo os microempreendedores da cidade e, consequentemente, toda a região polarizada por Campina Grande”, destacou.

Um exemplo de empreendedor que se beneficiou das linhas de crédito é o senhor Vivaldo Pilar, proprietário de dois bares em Campina Grande. Ele é um dos mais de 2 mil beneficiados em junho com o programa. Vivaldo, inclusive, obteve o empréstimo pela primeira vez e aproveitou o fluxo intenso de turistas para reforçar seu estoque.

“Tenho dois bares na cidade e decidi solicitar crédito para comprar mercadorias, pois nossas vendas aumentam significativamente com a circulação de turistas. Esse dinheiro é crucial, ajuda bastante e precisamos desse apoio para manter nosso negócio funcionando e evitar a falta de produtos”, comentou o empreendedor.

A crescente procura por crédito reflete a confiança dos empreendedores locais nas oportunidades proporcionadas pelo Maior São João do Mundo e pelo suporte das instituições financeiras, contribuindo para o fortalecimento econômico da região.

Fonte: Codecom PMCG