logo paraiba total
logo paraiba total
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Varejo Alimentar tem crescimento recorde em maio: arroz e água são itens essenciais mais vendidos

Fenômenos climáticos atípicos como onda de calor no início do mês, calamidade no Rio Grande do Sul e surto de dengue influenciam o desempenho, alavancando vendas unitárias e faturamento

20 de junho de 2024

Desempenho do varejo alimentar registrou o maior crescimento do ano, com aumento de 7,2% nas vendas em unidades em comparação a maio de 2023; impactando o faturamento total do setor que cresceu 9,4%. Aliado a uma variação de 2,1% nos preços, o setor atingiu, portanto, a maior variação do ano. É o que aponta a análise mensal da Scanntech, líder em inteligência para o varejo alimentar. O mês marcado por condições climáticas extremas como o desastre natural no Rio Grande do Sul, onda de calor que tornou o período, o mais quente já registrado no mundo (em terra e no mar), e o aumento de casos de dengue provocaram aumentos significativos de itens essenciais como arroz (+52,9%) e água (+65,5%), sorvetes (+41,1%) e inseticidas (+53,2), refletindo tanto em unidades vendidas quanto em faturamento.
“Maio foi um mês de forte crescimento, impulsionado por estes eventos atípicos, mas também pela resposta solidária dos consumidores à situação de calamidade no Rio Grande do Sul. Já que todas as regiões do país apresentaram algum crescimento. Este desempenho reflete a resiliência do mercado consumidor brasileiro e a capacidade do setor de se adaptar a condições extraordinárias”, explica Priscila Ariani, diretora de marketing da Scanntech.
De fato, na análise regional, podemos perceber as variações de crescimento entre as diferentes regiões do país: a região Sul: registrou o maior crescimento em faturamento, seguida pela região Norte do País. A região Leste (Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro) aparece em 3º lugar. Todas as regiões apresentam em comum o forte crescimento de água e arroz; no Sudeste, se destaca também a venda de sorvete e em São Paulo, além desses itens, a venda de inseticida.
Entre as categorias com melhor desempenho na contribuição para o crescimento do faturamento, os dados da Scanntech apontam a cesta de Bebidas, com destaque para água, refrigerantes e cervejas, com uma alta de 19,3% em relação a maio de 2023; e a cesta de mercearia básica, que após dois meses de queda, registrou um crescimento de 7,8% em faturamento e 5,5% em vendas unitárias, puxada por produtos como arroz, café e açúcar.
Outro produto relevante foram os inseticidas, que embora não apareçam nas categorias de maior crescimento nacionalmente, tiveram uma relevância significativa em São Paulo, região onde o item cresceu 112%, refletindo a preocupação da população com a dengue.
Já no quesito canais, os supermercados apresentaram a maior alta em faturamento, atribuída à variação positiva de preços, já os atacarejos regionais registraram um crescimento significativo nas vendas unitárias, destacando-se entre os demais canais

Fonte: Assessoria